Venda na loja ou na internet e envie o seu próprio link de pagamento! pelo WhatsApp direto do Sistema. Clique aqui e conheça o STi3 Pay.

Live Commerce: O que é e porquê apostar nesta tendência

O live commerce, também referenciado como livestream shopping ou, ainda, shop streaming, é uma modalidade de vendas que aposta no avanço das mídias sociais e sua influência.

Levando em conta esse fenômeno, as empresas fazem uso dessa influência para apresentar produtos, se aproximar dos clientes e aumentar os números de conversões. 

Isso tudo é feito por meio de transmissões ao vivo (lives) nas redes sociais, que são prioritariamente voltadas para apresentar certos produtos e aproximar o relacionamento da marca com seu consumidor. 

As transmissões de live commerce permitem que as empresas entrem na casa e no cotidiano do cliente, ouça suas solicitações em tempo real e ajudem a construir um relacionamento de confiança, que ajuda tanto a fidelizar o cliente quanto a aumentar as conversões. 

E para os empreendedores que não desejam perder oportunidades de se destacar, esse conteúdo ajudará a compreender o que é como realizar um live commerce no pequeno negócio.

O que é live commerce?

Live commerce é uma transmissão ao vivo pela internet, que pode acontecer por meio de diversas plataformas, com o objetivo principal de divulgar e vender um produto. 

Ao contrário dos vídeos de avaliação de um produto, muito comuns na internet, a live commerce demonstra e realiza a venda dos produtos de maneira simultânea. 

Durante as transmissões, o público pode interagir com quem estiver apresentando a live, podem ser liberadas promoções em tempo real e cupons que valem durante a duração da live, por exemplo. 

Dessa forma, o live commerce é uma maneira de humanizar a apresentação e a venda do produto, que fala diretamente com o cliente, sem a necessidade de que ele tenha que sair de casa.

Como funciona uma live commerce?

O live commerce é uma transmissão ao vivo que acontece pela internet, mas pode ser realizada por meio de diversas plataformas. 

No Brasil, o mais comum é que as empresas utilizem redes sociais e sites já conhecidos e nos quais elas já tenham certa presença estabelecida, como Instagram, Facebook e Youtube. 

A maior parte dessas ações são construídas com a ajuda de figuras como influencers que se identificam de alguma forma com os produtos e com a empresa de maneira geral. 

No entanto, isso não é algo obrigatório, sendo possível, por exemplo, contar com um colaborador que apresente certa intimidade com as câmeras e consiga fazer um bom trabalho cativando o público.

Dependendo da plataforma em que a live é realizada, as ações possíveis para o engajamento do público variam. 

Por exemplo, em plataformas como o YouTube, é possível gamificar, ou seja, colocar elementos de jogos no próprio site da transmissão. 

Embora isso pareça muito elaborado, na verdade consiste em ações simples, como liberar cupons diante de certas ações realizadas pelos espectadores, de modo parecido com as missões que ocorrem nos games. 

Mesmo nas plataformas mais simples é possível manter um contato bem próximo dos consumidores, lendo e respondendo comentários ao vivo, chamando pessoas pelo nome, tirando dúvidas que surgem espontaneamente, entre outras oportunidades. 

Qual a importância do live commerce para o mercado atual?

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Wyzowl, 96% dos usuários da internet buscam vídeos para compreenderem melhor um produto. 

Dentre os participantes dessa mesma pesquisa, 84% declaram já terem se sentido convencidos a adquirir um produto depois de assistir a um vídeo sobre o assunto. 

Principalmente depois do irrompimento da pandemia do novo coronavírus, as pessoas começaram a passar cada vez mais tempo em frente a telas e conectadas à internet. 

Uma tendência que vem se mostrando crescente durante esse tempo gasto online é o crescente interesse por conteúdos em vídeo. 

Isso pode ser claramente visualizado com o crescimento de novas redes sociais, como o Tik Tok, e o crescente investimento de outras redes, como o Instagram, em aprimorar sua plataforma cada vez mais para que comporte melhor esse tipo de mídia. 

No primeiro grande pico da pandemia, também vimos explodir os números de lives nas redes sociais, que foram, inclusive, encabeçadas por grandes nomes do meio artístico e patrocinadas por grandes empresas. 

Algumas dessas grandes empresas não só patrocinaram lives, como mais tarde, produziram suas próprias transmissões de live commerce, unindo o interesse do público por esse tipo de conteúdo à oportunidade de obter mais vendas.

Dessa maneira, o live commerce começa a se demonstrar uma estratégia de vendas e marketing de sucesso, que já virou, inclusive, cases de grandes marcas. 

No entanto, isso não significa que essa é uma ação apenas para grandes corporações, com vastos recursos, pelo contrário. Assim como a maior parte das coisas que envolvem a internet, o live commerce é para todos.

Mesmo com poucos recursos e alcance local, é possível tirar proveito dessa estratégia e aumentar a quantidade das vendas do seu negócio. 

Cases de sucesso em live commerce

Como já foi mencionado, algumas empresas, grandes nomes do varejo, já apresentam cases de sucesso com a utilização do live commerce. 

Nomes como Americanas e Magazine Luiza, gigantes do mercado brasileiro, foram algumas que abriram caminho, demonstrando que essa estratégia é vantajosa para o negócio. 

Entretanto, isso não quer dizer que o live commerce é só para negócios que possuem uma grande estrutura e disponibilidade de recursos. 

Na verdade, essas são demonstrações de que é possível reproduzir esses resultados mesmo que em pequena escala, desde que alguns passos sejam seguidos. 

Falaremos disso um pouco adiante, mas antes, mostraremos um pouco mais detidamente os cases de sucesso em live commerce. 

Magazine Luiza

O gigante marketplace, Magazine Luiza, em 2020, realizou um evento live commerce com mais de duas horas de transmissão. 

Ele contou com nomes de diversos artistas como Anitta, Barões da Pisadinha e Dilsinho, além da apresentação de personalidades como Luciano Huck e Fabiana Karla. 

Durante a live, foram liberadas promoções e cupons especiais, com a apresentação de produtos específicos durante o evento. 

Lojas Americanas

As Lojas Americanas foram a primeira grande empresa a apostar com força no live commerce, começando com a contratação da influencer Camila Coutinho. 

Ela já possui um público bem estabelecido e autoridade para falar de diversos produtos, especialmente para o público feminino. 

Então, a empresa aproveitou essa audiência para promover lives com o uso e apresentação de certos produtos, que recebiam descontos durante as interações do público pelo chat. 

O formato deu tão certo que as taxas de conversão chegaram a ser seis a dez vezes mais altas que a média normal de vendas pelo e-commerce

Por isso, as Americanas ampliaram sua estratégia, transmitindo lives pelo próprio aplicativo e permitindo, inclusive, que os anunciantes do marketplace também realizassem suas próprias lives por ali. 

Enjoei

O Enjoei é uma plataforma famosa, que é especializada no comércio de peças usadas, sendo uma espécie de brechó online, com uma oferta imensa de produtos, de roupas a móveis. 

A influenciadora digital de moda e estilo de vida, Thássia Naves, todos os anos realizava um brechó presencial com suas roupas, onde todo o lucro era revertido para ações sociais. 

No contexto da pandemia, o Enjoei a convidou para realizar o brechó ao vivo, por meio da plataforma, ainda com o objetivo de converter os lucros para caridade. 

A ação foi um sucesso e as peças foram vendidas muito mais rápido do que nas edições anteriores, que haviam sido presenciais. 

Benefícios da Live commerce para o pequeno empreendedor

O live commerce também pode trazer grandes benefícios para o pequeno empreendedor. 

Mesmo empreendedores locais podem se beneficiar do live commerce, realizando ações localizadas, com pessoas influentes da própria região. 

Essa também pode ser uma ótima estratégia para quem está pensando em ampliar seu negócio online e alcançar mais clientes

Podemos listar uma série de vantagens que o pequeno empreendedor pode obter do live commerce, confira algumas das principais:

Mostrar o produto ao vivo

Já foi demonstrado que o consumidor moderno é bastante suscetível a conteúdos de vídeo relacionados a produtos que deseja obter. 

Essa tendência de comportamento de consumo é algo muito explorado pelo live commerce, uma vez que é possível demonstrar o produto ao vivo durante a transmissão. 

É igualmente possível demonstrar como ele funciona na prática e exibir reações reais ao uso do produto, o que promove mais confiança ao espectador. 

Tirar dúvida dos consumidores

Transmissões ao vivo são um ótimo momento para interagir com os consumidores e desenvolver um relacionamento mais próximo deles, a fim de cativá-los. 

Algumas dessas interações podem se voltar a responder perguntas e tirar dúvidas dos participantes da live. 

Uma dúvida tirada em momentos como esse, falando até mesmo o nome de quem realizou a pergunta, pode ser o passo que faltava para que a venda seja fechada.

Se aproximar da audiência

Por meio da internet, é possível entrar na casa, no trabalho e em vários locais do cotidiano das pessoas, o que não é possível fisicamente. 

As transmissões ao vivo diminuem ainda mais essa distância subjetiva, uma vez que é possível interagir em tempo real com quem está do outro lado. 

Para pequenos empreendedores, essa é uma ótima oportunidade de encantar aquele cliente que sempre interage nas redes sociais, comenta ou passa na loja física. 

O reconhecimento diante do público pode fazer com que ele se sinta especial e passe a dar ainda mais preferência a sua marca. 

Captar novos leads

Pode ser difícil, para os leigos, controlar para quem um conteúdo produzido na internet irá chegar. 

O alcance pode ter várias dimensões e isso pode ser ótimo para a expansão do negócio, especialmente de quem está entrando em um mercado competitivo. 

O live commerce é uma oportunidade de mais pessoas conhecerem o negócio e se interessarem pela empresa, seus produtos e toda a marca como um todo, de maneira positiva. 

Oferecer ofertas relâmpagos

A mesma estratégia utilizada pelas grandes empresas também podem ajudar o pequeno empreendedor, mesmo que não haja por trás uma grande estrutura de apoio de equipes diversas. 

Uma dessas estratégias que é adaptável a pequenas escalas e pode gerar conversões é utilizar o live commerce para ofertas relâmpagos. 

Por exemplo, durante a live, o apresentador pode fornecer um cupom ou código de desconto que pode ser usado apenas durante a duração daquela transmissão. 

A ideia de escassez, de que o produto com preço promocional acabará, pode promover compras por impulso e até aumentar o ticket médio. 

Principais dúvidas sobre live commerce

Por ser um conceito novo, o live commerce ainda pode gerar dúvidas para quem está ouvindo pela primeira vez sobre o assunto. 

No entanto, essa não é uma prática muito diferente de algumas com as quais estamos acostumados. 

Um exemplo são os canais de TV com programas exclusivos para a venda de produtos, ou os patrocinadores que interrompem programas de auditório para divulgarem seus produtos e oferecerem promoções válidas apenas durante o programa. 

A seguir, vamos esclarecer as principais dúvidas que costumam surgir sobre o live commerce.

Quando posso fazer uma live commerce?

Como toda ação de marketing e vendas, é preciso que um live commerce seja parte de uma estratégia. 

Por isso, utilizar essa ferramenta em datas específicas pode impulsionar as vendas e destacar a empresa em meio à concorrência. 

Exemplos de épocas são:

Qual a melhor plataforma para transmitir uma live commerce?

Existem plataformas especializadas em live commerce, que permitem que a empresa personalize seu espaço como quiser e que o cliente realize as compras sem precisar sair daquele espaço. Alguns exemplos das que estão presentes no Brasil são:

Essas plataformas oferecem planos individualizados, de acordo com a necessidade de cada negócio e de preço correspondente a tais exigências.

No entanto, nada impede de, principalmente no início, utilizar redes sociais em que é possível realizar a transmissão de forma gratuita. 

Os dois principais locais para realizar um live commerce, provavelmente são o Instagram e o Youtube, que recebem melhor esse tipo de mídia. 

É possível vender produtos diretamente da live commerce?

Nas plataformas especializadas em live commerce, como as que mencionamos anteriormente, é possível vender produtos diretamente no espaço de transmissão. 

Entretanto, nas demais plataformas é possível colocar links e códigos de descontos nos chats interativos ou na tela durante a live. 

Por mais que o cliente tenha que sair da live para adquirir o produto, ainda assim é uma opção viável. 

Quando vale a pena apostar na live commerce para pequenos negócios? 

Pequenos negócios podem investir no live commerce quando os empreendedores entenderem que chegou o momento de dar um passo além. 

Por exemplo, negócios locais que querem testar sua capacidade de vendas online podem começar a divulgação do novo serviço com essa ferramenta. 

Durante a pandemia, muitas lojas físicas, até mesmo de roupas, passaram a fazer entregas locais, e o live commerce pode ser uma oportunidade de mostrar novos produtos e despertar desejos nos clientes da região.

Com isso, eles poderão ver o produto em detalhes e até adquiri-lo, sem precisar sair de casa. 

É possível começar a utilizar o live commerce com um celular e uma iluminação até mesmo improvisada, mas que ajude a mostrar melhor os produtos. 

Assim, o pequeno empreendedor pode adicionar essa ferramenta ao seu arsenal de estratégias de marketing e passar a utilizá-la a qualquer momento, basta ligar a câmera e apertar o play!

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.