Venda na loja ou na internet e envie o seu próprio link de pagamento! pelo WhatsApp direto do Sistema. Clique aqui e conheça o STi3 Pay.

Como montar uma loja virtual de moda do zero na prática?

Montar uma loja virtual de moda é um passo fundamental para quem deseja aumentar a presença no mercado e, principalmente, se firmar em mais de uma praça de venda.

Além disso, uma plataforma própria que realiza vendas garante um ponto de venda extra e menores custos em comparação a um novo ponto de venda.

Assim, se você abrir uma loja virtual, os gastos são limitados a internet e um provedor do serviço, enquanto uma loja física implica aluguel, luz, água, mão de obra etc.

Com isso, a STi3 Sistemas preparou este artigo e mostra como pode ser fácil montar uma loja virtual de moda, gastando pouco e tendo resultados reais e significativos.

Por que montar uma loja virtual de moda?

Montar uma loja virtual de moda deve ser algo importante para qualquer gestora que deseja ampliar o alcance de vendas.

Atualmente, o acesso à internet está democratizado em todas as cinco regiões brasileiras, onde usuários podem entrar em sites e fazer compras remotamente. 

Inclusive, as vendas pela internet cresceram mais de 100% durante o período de quarentena, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm).

Neste cenário, lojas que já tinham sua presença virtual firmada certamente viram aumentos expressivos no número de vendas. 

Como seguimos no período de quarentena, isso significa que você ainda pode aproveitar este momento e montar uma loja virtual.

A revolução do comércio online

Com o processo evolutivo da sociedade, as compras online, que em meados de 2004 a 2008 eram vistas como irrisórias, se mostraram ao longo da última década imprescindíveis para ajudar a alavancar negócios de todos os segmentos.  

Aprender a como vender pela internet se tornou um desafio e uma grande necessidade de empreendedores que possuem seus negócios baseados apenas ao público local, mesmo nos dias de hoje com tantas facilidades e possibilidades de vendas online.  

O grande sucesso das vendas através da internet está baseado na possibilidade de podermos vender qualquer item através da plataforma. Produtos, serviços, dicas e até mesmo o seu conhecimento pode ser empacotado como um produto virtual. 

O comércio varejista na internet 

Antes visto como uma loucura, as vendas de produtos através da internet são uma realidade muito mais contundente do que os próprios estabelecimentos físicos possam imaginar. 

Vender pela internet pode não ser tão simples quanto uma venda presencial, afinal, exige técnicas e estratégias muito mais específicas para atingir o seu cliente ideal. Porém, essa plataforma é essencial para que você tenha uma constância de pedidos, fazendo com que você venda todos os dias.  

Entender como vender pela internet faz com que o empreendedor abra um leque de possibilidades. Afinal, enquanto a sua loja consegue atingir apenas os consumidores locais, você poderá atender todo um País. 

Outro ponto a ser levado em consideração está em não precisar esperar que o cliente venha em sua direção.  

Isso significa que, se com um estabelecimento físico você precisa estar com o negócio aberto esperando o público passar em sua porta, na internet é você quem busca os seus clientes em diferentes plataformas.  

Essa é a maneira perfeita de fazer seu negócio crescer de forma sustentável e lucrativa. Sem muitos custos iniciar, você poderá otimizar seu estoque e ter um canal diferente de vendas para equilibrar a receita do mês. 

Como montar uma loja virtual do zero?

Para montar uma loja virtual do zero, você deve seguir alguns passos importantes que vão te ajudar a ter maior lucratividade e proteção durante o crescimento da sua empresa.

Cada passo precisa ser seguido à risca e vai muito além do uso virtual. Em geral, os bastidores de uma loja virtual são tão importantes quanto escolher a plataforma certa e ter um layout extremamente amigável e bonito.

São nesses detalhes que muitas gestoras pecam quando decidem tirar o projeto do ecommerce do papel, causando desencontros, dúvidas e falhas estruturais.

Devido a toda a importância de ter uma loja virtual funcional, clara e assertiva, a STi3 Sistemas mostra em cinco passos como montar uma loja virtual do zero.

1. Saiba qual o investimento inicial do negócio

O investimento inicial necessário para montar uma loja virtual vai depender dos seus objetivos.

Quanto maior e mais complexo for o seu plano de negócios, maior será o orçamento necessário para o investimento inicial.

No entanto, as obrigações para as quais deverá ter dinheiro separado são basicamente as mesmas em todos os casos. 

Em seu orçamento devem constar os preços de:

  • Produtos (seu estoque de mercadorias);
  • Plataforma de e-commerce utilizada;
  • Logística (entregas e recebimentos);
  • Estratégias de marketing;
  • Custos de regularização do negócio;
  • Programas de gestão;
  • Certificados digitais.

Se a loja possuir uma unidade física, neste pacote ainda precisarão ser incluídas outras despesas, como pagamento de funcionários e aluguel, por exemplo. 

Um dica que funciona para muitos empreendedores é pegar o seu orçamento inicial e dividir o investimento da seguinte forma:

  • Calcule o quanto vai gastar no primeiro mês, que normalmente requer uma quantia maior;
  • Divida o restante do orçamento em 11 partes iguais.

Dessa forma, você terá meios financeiros para manter sua loja por pelo menos o primeiro ano, podendo se preocupar menos com o ritmo de crescimento e portanto focar na qualidade e estabilização do negócio. 

2. Regularize o negócio

Para abrir uma loja física é preciso regularizar o negócio perante a lei e os órgãos de fiscalização governamentais.

Com o e-commerce, mesmo não sendo um espaço físico, não é diferente. Algumas regras são as mesmas das que estão em vigor para lojas físicas, mas existem também os regulamentos específicos para o comércio online.

Em 2013 foi sancionada a Lei do e-Commerce, buscando assegurar os direitos e deveres prescritos no Código de Defesa do Consumidor também no ambiente virtual.

Mas além desse conjunto de regras que o empreendedor precisa observar, existe também todo o processo de regularização pelo qual deve passar para que seu negócio possa funcionar.

Os passos mais importantes para regularizar seu negócio consistem em:

Em relação à obtenção do CNPJ, a maioria dos empreendedores que estão começando um negócio no varejo optam pelo MEI ou pelo Simples Nacional, que são os mais vantajosos em seu custo benefício em relação principalmente aos impostos cobrados. 

Essa obtenção de um CNPJ, independente da modalidade escolhida, é essencial para poder emitir a NFe como garantia de compra e venda para você e seus clientes. 

A emissão dessas notas ajuda no cálculo de impostos, o que é essencial para que o nome do seu negócio não caia na atenção do Fisco. 

O ideal é que você possua um ERP em sua loja para auxiliar a gestão ao integrar a emissão de notas às outras informações financeiras e logísticas. 

Dessa maneira, não apenas será mais fácil de gerenciar todas as tarefas da loja, como também tomar decisões mais embasadas. 

3. Escolha bem os fornecedores

A escolha de fornecedores é um passo essencial para qualquer negócio, principalmente em seu início. 

Para oferecer e vender produtos, primeiro é preciso ter a disponibilidade deles, o que gera extrema importância para um bom controle de estoque.

No entanto, para obter esse controle, é essencial que se escolham bons fornecedores para sua loja.

A primeira coisa que se deve buscar em um fornecedor é a qualidade nos produtos, já que ela vai ser um dos principais fatores para fidelizar o cliente. 

Quando se compra online, o cliente se encanta com uma imagem e fica com uma expectativa em suspenso até que o produto chegue.

Depois de recebido o produto, a resposta ideal para ele gerar é o reforço daquele encantamento e não a sua quebra. 

Por isso é tão importante investir em produtos de qualidade.

Então, liste os fornecedores que oferecem os melhores preços e faça uma classificação por meio de categorias como:

  • Preço;
  • Condições de pagamento;
  • Quantidade mínima do pedido;
  • Taxa de entrega;
  • Qualidade do envio.

Dessa forma, será melhor para visualizar qual desses fornecedores oferece o melhor custo-benefício para o seu negócio.

4. Pense nos produtos que irá oferecer ao cliente

No passo seguinte, você precisa pensar quais produtos estarão disponíveis na sua loja virtual.

Para isso, catalogue todos os itens e decida quais entrarão ou ficarão de fora. 

Uma forma de fazer boas escolhas e tomar decisões assertivas é imaginar o comportamento do seu público alvo ao encontrar um determinado produto.

Ou seja, quais peças de roupa um cliente em potencial vai ver e decidir comprar naquele momento.

5. Escolha uma boa plataforma

O primeiro passo é conseguir escolher uma boa plataforma. Atualmente, existem centenas de opções para você criar um ecommerce de forma rápida e segura, evitando a contratação de programações complexas e com difícil acesso.

Contar com algumas das principais soluções do mercado, é fundamental para que você consiga ter melhor aproveitamento e possa disponibilizar uma experiência melhor ao seu consumidor.

Loja Integrada

A Loja integrada tem um plano gratuito, com limites de visitas e de produtos, e planos pagos, entre R$ 49 a R$ 499, que podem ser contratados de maneira gradual, de acordo com o crescimento da empresa. 

Nuvem Shop 

Já a Nuvem Shop conta apenas com planos pagos que variam entre 49,90 a 199,90.

Entretanto, vale ressaltar que a plataforma cobra uma pequena taxa por venda concluída nos valores de 0,99 e 0,49 centavos.

Tray

A Tray é uma das empresas mais conhecidas do universo do e-commerce brasileiro.

Mesmo trabalhando apenas com planos pagos, ela disponibiliza de uma infra estrutura crescente para ajudar o empreendedor a alavancar suas vendas de maneira segura e otimizada. 

Simplo 7

No caso da Simplo7, os valores variam entre R$ 48,75 a R$ 197,50 reais, limitando a oferta de produtos de acordo com o plano escolhido.

Mesmo sendo uma das opções menos conhecidas das que listamos neste conteúdo, a empresa conta com um suporte técnico telefônico eficiente.

Além disso, a plataforma foi desenvolvida com o objetivo de proporcionar a melhor experiência de SEO tanto para os empreendedores, como para os buscadores como o Google.

6. Faça boas fotos

Um erro comum quando alguém começa a montar uma loja virtual do zero é usar fotos de celulares ou de fotógrafos não profissionais.

Por mais que exista uma câmera disponível, busque realizar uma sessão de shoots com modelos e fotógrafos experientes. 

Em geral, esse importante detalhe vai ser crucial para criar o desejo no seu cliente e assim gerar uma venda.

7. Tenha um bom gateway de pagamento

Por fim, você deve escolher um bom gateway de pagamento. O termo pode ser estranho, mas a sua ideia é bem simples de entender.

Para qualquer transação online, a loja virtual precisa de um gateway de pagamento, um código gerido por uma operadora financeira que autoriza pagamentos e evita fraudes na internet.

Entre as principais gateways de pagamento estão:

7. Trace um plano de logística eficiente

A distribuição dos produtos é um ponto que deve ser pensado com muito cuidado ao se montar uma loja virtual.

Isso porque, em um comércio virtual, a experiência que o cliente vai ter com a entrega é um dos principais serviços da sua loja. 

Sem a entrega, não haverá o produto pelo qual o cliente se encantou e isso pode gerar insatisfação e desengajamento. 

Por isso, é extremamente importante que ao escolher os meios de envio, se pense em alguns fatores como:

  • Eficiência da entrega;
  • Cumprimento de prazos;
  • Preço de taxas e fretes.

Existem três formas principais de envios usadas hoje pelas lojas virtuais, vamos ver agora quais são e como funcionam com mais detalhes.

Correios

A principal forma de envio de mercadorias hoje é provavelmente pelos Correios. 

Para poder enviar os produtos da sua loja dessa forma, é preciso ir até o IdCorreios e cadastrar o seu estabelecimento. 

Com esse cadastro, os Correios oferecerão comodidades como, por exemplo, buscar mercadorias a serem despachadas em sua loja. 

No entanto, os Correios estão sempre sujeitos a greves e outros imprevistos, além de possuírem taxas um pouco mais altas e não chegarem a todos os lugares.

Nesses últimos casos, os moradores desses lugares precisam se deslocar até uma agência ou centro de distribuição mais próximos para retirar suas correspondências e mercadorias. 

Por isso, é interessante oferecer mais de uma opção de envio para os clientes.

Transportadoras

As transportadoras são uma outra opção de envio que tem se popularizado bastante.

O motivo disso são os preços atrativos e, principalmente, a rapidez na entrega. Hoje, a maioria delas também oferece códigos de rastreio que só os Correios ofereciam. 

Uma outra vantagem das transportadoras é que elas podem chegar onde os Correios não oferecem seus serviços.

Retirada na loja

Para quem possui um espaço físico além da loja virtual, pode oferecer a opção de retirada de mercadoria na loja, sem o acréscimo de taxas de frete.

Essa é uma ótima opção para os clientes locais adiantarem suas compras e da sua loja ganhar ainda mais prestígio na região.

8. Tenha uma boa estrutura de vendas na loja virtual

A vitrine de uma loja virtual é a página de vendas dela na internet. 

Por isso, é essencial que, ao montar uma loja virtual, seja escolhida uma boa plataforma para o site, que ofereça a opção de customização de acordo com suas necessidades. 

Além disso, é importante organizar e catalogar os produtos, fazer uma separação em categorias que faça sentido para seus clientes e os ajudem a achar o que procuram.

Outro ponto importante são as imagens. Invista em fotos profissionais de seus produtos e em imagens de alta resolução. 

O que venderá seu produto em primeiro lugar será a imagem dele, por isso, uma imagem ruim pode desencorajar e comprometer a venda. 

Por último, ofereça uma descrição detalhada de cada produto, com informações como tamanho, medidas e materiais.

9. Invista no atendimento digital

O cliente precisa e gosta de se sentir especial e, assim como em uma loja física, a melhor forma de proporcionar isso é com um bom atendimento.

Por isso, deixe disponível em todas as páginas de sua loja virtual informações para contato direto, fácil e rápido com a loja. 

Se for possível, disponibilize um chat em tempo real, robotizado ou não, para oferecer soluções para os principais problemas. 

Disponibilize também uma seção de dúvidas e perguntas frequentes para que seus clientes possam ter seus problemas resolvidos da melhor maneira possível.

10. Tenha um bom marketing digital

Como diz o ditado, “o marketing é a alma do negócio” e isso, claro, vale para o virtual também.

Aliás, com o virtual ficou ainda mais fácil conseguir promover seu negócio, já que existem diversas opções, inclusive gratuitas, para tornar sua loja mais visível.

Algumas opções são:

  • Mantenha uma presença ativa nas redes sociais;
  • Coloque sua loja no Google Meu Negócio;
  • Utilize ferramentas de propagandas pagas como Google AdSense e Anúncios do Instagram;
  • Faça uso de ferramentas de crescimento orgânicas (SEO, hashtags, CTA..).

Essas são só algumas opções de um vasto universo que o mundo da internet proporciona.

Seguindo essas dicas, com certeza ficará muito mais fácil montar uma loja virtual.Para ajudar na gestão de seu negócio, seja físico ou virtual, a STi3 oferece as melhores ferramentas.

Como montar uma loja virtual em outras plataformas?

Apesar de parecer um processo simples, aprender metodologias e estratégias específicas de como montar uma loja virtual em outras plataformas é fundamental para fazer com que você evite perda de tempo, dinheiro e foco em metodologias que talvez não sejam importantes. 

São muitas as possibilidades para você que está iniciando um negócio online. Também é importante ressaltar que não existe uma estratégia totalmente certa ou errada. E sim, o que funciona e faz sentido para a sua empresa neste momento.  

Apesar da maneira mais profissional e recomendada de começar a vender pela internet seja através de lojas virtuais, você poderá encontrar outras alternativas tão eficientes quanto. Separamos algumas das mais conhecidas e eficazes para te ajudar a escolher com mais assertividade.

A plataforma de vendas independente mais conhecida da América Latina é um canal fundamental para você que deseja aprender como vender pela internet de maneira correta e estratégica.  

A grande vantagem desta plataforma está em poder anunciar de qualquer produto sem precisar gastar dinheiro com grandes estruturas de e-commerce.  

Neste caso, você pagará apenas o custo da comissão do Mercado Livre, quando a venda de fato por concretizada. Elas também podem ter diferenciação de valores de acordo com o nível de exposição que seu produto tenha na hora do cadastro do anúncio.  

Você poderá acrescentar na página do produto muitas informações complementares para que o anúncio tenha relevância e o consumidor confie na sua loja. Além da descrição tradicional dos produtos, agora é possível acrescentar informações como: 

  • Layout intuitivo que facilita a navegação 
  • Fabricantes
  • Material do produto
  • Tipo de gola (se for vestuário)
  • Peso
  • Referências
  • Links de vídeos
  • Possibilidade de mostrar o produto com até 08 fotos

Para você que deseja aprender a como vender pela internet de maneira básica, dando os primeiros passos dentro do universo digital, o Mercado Livre definitivamente, pode te ajudar. 

As principais redes sociais da atualidade também são uma excelente maneira de começar a vender na internet qualquer tipo de produto ou serviço, sem precisar gastar muito dinheiro em estruturas e personalização.  

Algumas dicas são fundamentais para que você passe credibilidade para seus seguidores e comece a fazer suas vendas de maneira consistente: 

  • Ter um perfil comercial no Instagram 
  • Ter uma página do seu negócio no Facebook
  • Ter uma descrição estratégica sobre o que você costuma oferecer 
  • Ter fotos profissionais, que sejam capazes de mostrar credibilidade aos seus seguidores
  • Feed de fotos harmônicos 
  • Responder aos comentários de maneira rápida e assertiva 
  • Ter um número de WhatsApp disponível no link do seu negócio

Apesar do Instagram ser capaz de fechar vendas através das mensagens diretas, é no WhatsApp que a maioria dos consumidores tomam a decisão de comprar da sua empresa. Por isso, ter um processo de vendas estruturado e eficiente faz toda a diferença para começar a vender pela internet de maneira estratégica. 

Entre todas as opções que listaremos aqui, esta talvez, seja a mais amadora de todas. Porém, pode ser o primeiro passo para que você sinta confiança e consiga levar definitivamente o seu negócio para o universo digital.  

O marketplace são canais de venda colaborativa, onde é possível oferecer os seus produtos sem grandes estruturas gerenciais. Através deste método de vendas, você poderá utilizar os principais canais de venda do Brasil como pontos de venda, como: 

Além de alcançar uma visibilidade muito maior para sua loja, está é uma excelente forma de começar a marcar o nome do seu negócio na internet. Se fizer sentido para você, esteja presente no maior número de plataformas possíveis que tenham haver com o segmento da sua empresa.  

Você também conseguirá aproveitar algumas vantagens de trabalhar com esses canais como não precisar se preocupar com métodos de pagamentos ou logísticas. Afinal, sua única tarefa será a de separar o material adquirido pelo consumidor, embalar o produto e deixar pronto para levar ao correio ou para que a transportadora em questão possa retirar. Todo o restante ficará com a plataforma de vendas.  

Após a compra ser concluída e o cliente receber o produto, o valor em questão será liberado em sua conta do marketplace para que possa ser transferido para a conta corrente. Apenas fique atento para acompanhar se os pagamentos estão sendo realizados conforme acordado.

Vale a pena ter um e-commerce de moda?

Sim, vale a pena ter um ecommerce de moda por conta da sua facilidade de criação, o baixo custo operacional e a possibilidade de realizar vendas nas cinco regiões do Brasil.

Além disso, montar uma loja virtual garante que o seu negócio continue funcionando, independente da hora, do dia da semana e dos feriados.

Ou seja, se alguém realmente quiser comprar uma peça de roupa na sua loja, o cliente sempre vai ter a opção de adquirir a peça no conforto de casa!

Agora, para conseguir um melhor aproveitamento de suas vendas pela internet e otimizar todos os processos envolvidos, ter um sistema de gestão integrado com sua plataforma é essencial. Entre em contato com a central de atendimento da STi3 Sistemas e conheça nossas soluções.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.