Venda na loja ou na internet e envie o seu próprio link de pagamento! pelo WhatsApp direto do Sistema. Clique aqui e conheça o STi3 Pay.

PDV – Como ele pode impulsionar seu negócio?

O PDV é uma ferramenta que facilita as atividades de um comércio varejista e o coloca à frente da concorrência.

Nos últimos anos, as instituições comerciais têm investido cada vez mais em tecnologia, principalmente por causa das mudanças nos hábitos de consumo da população. 

Se antes comprar algo pela internet era algo restrito às pessoas mais jovens, agora tem se tornado uma opção para várias gerações.

Em 2020, as vendas online aumentaram 47% no Brasil. Embora esse crescimento tenha sido impulsionado pela pandemia, a expectativa é que ele continue perene nos próximos anos.

Para não perder espaço, o comércio varejista físico precisa não só agilizar suas operações, mas investir em soluções que tornem o fluxo de trabalho mais rápido e mantenha a satisfação do cliente.

Agora, se você deseja saber mais sobre o PDV e como ele pode ajudar o seu negócio, continue lendo esse artigo que a STi3 Sistemas preparou para você.

O que é um PDV?

Um Ponto de Vendas (PDV) é um software de automação que gerencia todas as operações que envolvem a etapa de conclusão de uma venda.

Entre suas principais funções estão o cadastro de produtos, integração com o estoque e conexão com máquinas de cartão.

Portanto, ele permite o acesso à informações dos produtos quando estes chegam ao caixa, até a escolha da forma de pagamento. 

Ele ainda emite o cupom fiscal que será entregue ao cliente e transferido à Secretaria da Fazenda.

Esse sistema ainda envia todas as informações de uma venda para a gestão da empresa, quando a mesma possui um sistema ERP.

Assim, esse software proporciona gerenciar o estoque, abrir e fechar o caixa, realizar trocas e devoluções de forma simples e muito mais rápida.

Qual a importância de um PDV no comércio de varejo?

Um sistema como o Ponto de Vendas permite que lojas, supermercados, restaurantes e similares administrem as tarefas operacionais da comercialização de um ou mais produtos de forma automatizada. 

Isso faz com que o cadastro das informações das mercadorias no balcão até a impressão do cupom fiscal sejam mais rápidos.

Do mesmo modo, a finalização das compras fica muito mais ágil, diminuindo o tamanho das filas, principalmente em supermercados.

Por outro lado, se esse processo é manual ou com sistemas incompletos, a operação fica mais lenta e suscetível a inúmeras falhas, resultando na insatisfação do cliente.

A conclusão de uma venda é a etapa mais importante em um comércio de varejo e precisa de total atenção e máximo desempenho.

Desse modo, um sistema de PDV é importante para agilizar o fluxo de caixa, principalmente em empresas que vendem uma grande quantidade de mercadorias.

Ele ainda auxilia na redução de custos com o retrabalho e erros e na otimização de outras ações rotineiras.

Ainda assim, é fundamental que esse software esteja ligado a um ERP.

Ambos permitem que os relatórios de vendas recentes estejam corretos e possam ser acessados a qualquer momento por outras áreas, como a de contabilidade ou de marketing.

Essa integração minimiza erros que normalmente acontecem quando existem ferramentas que não se completam ou precisam ser atualizadas separadas e/ou de forma manual.

Como funciona um PDV na prática?

O Ponto de Vendas permite o acesso a todas as informações necessárias no momento de finalizar uma venda, e as integra ao sistema ERP. 

Com isso, os diversos departamentos conseguem ter acessos aos relatórios de fluxo de caixa. 

Portanto, fica mais fácil desenvolver estratégias e ações que visam o desenvolvimento perene da empresa.

Na prática, quando um cliente chega ao caixa para finalizar sua compra, o sistema lê os dados das mercadorias através do código de barras. Depois ele armazena todas essas informações no computador. 

Ao mesmo tempo, o Ponto de Vendas informa as formas de pagamento e os recebe a partir de uma conexão com a máquina de cartão.

 Além disso, ao ser integrado com o ERP, ele ainda emite o cupom fiscal e transfere esses dados ao software da SEFAZ.

Em um restaurante, o garçom pode usar o PDV em um celular para registrar os pedidos dos clientes, anotar as alterações e enviá-los direto para a cozinha. 

Ao fim do atendimento, o sistema permite que ele realize o fechamento de forma individualizada, sem precisar fazer diversas contas, por exemplo.

Dessa maneira, o uso do PDV com o ERP possibilita o acesso a informações sobre os detalhes e a relação de produtos comprados por um cliente.

Todavia, ainda abastece dados de fornecedores, quantidade de mercadorias necessárias, valores e até mesmo a quantidade de impostos que são recolhidos.


Quais as principais funções de um PDV aplicado em um negócio?

O Ponto de Vendas é um software essencial para finalizar uma compra de uma loja, supermercado ou restaurante. 

Desse modo, ele precisa ter funções que automatizam os processos e facilitem o trabalho, a partir da conexão com outras áreas da empresa. Veja:

1. Integração Logística

A principal função de um PDV em um comércio de varejo é a integração que ele proporciona de todos os dados logísticos. 

As informações necessárias para a rotina de um negócio ficam centralizadas em um único lugar, entre elas:

  • Quantidade de determinadas mercadorias no estoque;
  • Características de cada uma;
  • Tipos de pagamentos aceitos;
  • Dados dos clientes;
  • Entre outros.

Nesse sentido, ele fornece informações em tempo real sobre determinado produto ao vendedor, gestor do estoque e até mesmo as equipes de transporte.

Desse modo, os erros que normalmente ocorrem na logística de entrega de pedidos são minimizados ou até excluídos.

2. Frente de caixa automatizada

Outra função que um PDV deve ter é a frente de caixa automatizada. Com ela, todas as informações dos produtos ficam acessíveis a partir de alguns cliques.

Com um sistema que permite a automatização comercial, os dados são mais precisos e confiáveis, proporcionando aumento da performance do operador de caixa.

Além do mais, o vendedor consegue saber se o item está disponível no estoque, a variedade de cores e/ou modelos disponíveis previamente.

Todo o processo de venda fica mais rápido, o que proporciona:

  • Redução de erros;
  • Atender mais clientes em pouco tempo;
  • Minimiza despesas;
  • Aumenta a satisfação do cliente;

3. Sistema integrado com todos os setores da empresa

Ainda que cada departamento seja responsável por suas atividades de forma individual, uma empresa que deseja crescer precisa que todos os seus setores estejam interligados.

Essa integração é uma outra característica que um bom PDV precisa possuir. 

Além de tornar a comunicação entre setores muito mais eficiente, essa função ainda permite que todos tenham acesso às mesmas informações, reduzindo erros que muitas vezes acontecem por falta de dados unificado e relevantes.

Essa integração é essencial não só para otimizar as operações do negócio, como também para o desenvolvimento da gestão estratégica empresarial.

4. Gerenciamento de estoque

A falta de informação atualizada do estoque é algo que dificulta o crescimento de uma empresa de um comércio varejista. 

Esse problema ganha proporções muito maiores quando ela atua com e-commerce e loja física.

Os negócios que trabalham com diferentes marketplaces precisam ter as mercadorias separadas ou ter uma administração muito boa. 

Comercializar peças que já foram vendidas em outro canal é uma das coisas que não pode acontecer.

Portanto, entre as principais funções de um bom Ponto de Vendas online está o controle da quantidade de produtos disponíveis para a venda.

Como resultado, o lojista consegue controlar não só as etapas de entrega das mercadorias, mas ainda repor as que têm melhores saídas nos diversos canais.

5. Emissão de notas fiscais

Por fim, esse tipo de sistema permite ainda a emissão de notas fiscais e sua transmissão à Secretaria da Fazenda.

O cupom fiscal é fundamental para documentar a venda de um produto e para o recolhimento de tributos pelo FISCO.

Assim, sem um sistema integrado, o empreendedor precisa ter uma impressora específica para realizar essa atividade, o que torna o trabalho muito mais demorado e passível de erro.

Já com uma ferramenta como o PDV, o empreendedor consegue comprovar a regularidade do seu negócio junto aos órgãos competentes, além de facilitar o trabalho fiscal e financeiro da área de contabilidade da empresa.


Quais os benefícios da implantação de um PDV?

Um bom sistema de Ponto de Vendas precisa proporcionar automatização e integração dos processos e departamentos.

Juntas, essas características trazem diversos benefícios para a empresa que quer se destacar no seu mercado de atuação, como:

  • Redução de custos;
  • Melhor experiência do consumidor;
  • Trabalho otimizado;
  • Armazenamento seguro de informações;
  • Entre outros.

1. Redução de custos

A principal vantagem que o Ponto de Vendas online proporciona é a redução de custos. 

Primeiro, porque a empresa não precisa mais contar com diversas ferramentas diferentes para operacionalizar suas atividades diárias. 

Além disso, esse sistema reduz os gastos com erros que normalmente ocorrem no momento das vendas.

Um garçom que apenas memoriza pedidos têm mais probabilidade de errar do que aquele que realiza essa mesma atividade em um sistema móvel. 

Isso porque além de minimizar os erros que normalmente ocorrem com solicitações especiais, ainda facilita na hora do pagamento ou divisão da comanda.

Do mesmo modo, em lojas de departamento, confusões com produtos ou a demora para encontrar determinado modelo de calçado no estoque, geralmente significa uma venda perdida.

Com o PDV, esse tipo de serviço e controle pode ser feito de forma totalmente remota e direta, apenas com o uso de um celular, tablet ou computador.

2. Melhor experiência do consumidor 

Com a rotina corrida e a opção de fazer tudo online, ser atendido com eficiência e qualidade faz toda a diferença no momento de uma compra. 

E esses atributos são proporcionados pelos negócios que usam um Ponto de Vendas.

A partir dele, o vendedor consegue acessar as informações de um produto com mais rapidez e agilizar essa etapa.

Por outro lado, demora na digitação, longas esperas em filas ou pedidos que chegam errados são motivos que fazem um negócio perder seus clientes.

3. Trabalho otimizado em todos os setores da empresa

Com um sistema integrado, as operações de todas as áreas da empresa se tornam mais eficientes, afinal, o gerente de marketing consegue ter acesso às mesmas informações que o vendedor tem, por exemplo.

Sem falhas na comunicação, o trabalho fica mais otimizado e as equipes conseguem focar no que realmente é mais importante e não em corrigir erros com frequência.

Da mesma forma, isso permite empregar todos os esforços para cumprir as metas e objetivos propostos pela organização e gerência.

4. Armazenamento seguro de informações

Todas as informações dos produtos, movimentação, de estoque ou tributárias ficam armazenadas em segurança no computador do cliente, e conta com proteção contra eventuais fraudes e golpes.

É possível saber o momento ideal de implantar um PDV na empresa?

O ideal é começar qualquer negócio já com os recursos tecnológicos necessários para a empresa crescer, uma vez que um PDV propicia a integração e otimização de todos os fluxos de trabalho.

Dessa forma, será muito mais fácil acompanhar o volume de vendas e adequar as operações ainda nos primeiros meses do negócio.

Agora, se você ainda não conta com um software como este no seu empreendimento, o ideal é implantar o quanto antes.

Vale a pena contar com um PDV na empresa? 

A concorrência no comércio varejista está cada vez maior, para se destacar a empresa precisa administrar bem todas as suas operações, bem como encantar o cliente com um bom atendimento e um serviço qualificado.

Por isso, o Ponto de Vendas é tão importante. Ele não ajuda só no momento da comercialização de um produto, mas todo o trabalho e processos que essa etapa envolve.

Ademais, ele permite economizar tempo em tarefas complexas, diminuir despesas e o número de funcionários, melhorar o relacionamento com o cliente e aumentar as vendas.

Ele ainda facilita toda a parte contábil e financeira, que são fundamentais para que o seu negócio cresça e se torne lucrativo com o tempo.

Portanto, se você ainda não tem um software para integrar e controlar as atividades de venda de sua empresa, entre em contato com um dos nossos especialistas e peça uma demonstração gratuita do PDV da STi3 Sistemas.


Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.