Venda na loja ou na internet e envie o seu próprio link de pagamento! pelo WhatsApp direto do Sistema. Clique aqui e conheça o STi3 Pay.

O que são indicadores financeiros e quais são os principais para acompanhar no seu negócio

Os indicadores financeiros são essenciais para manter o controle monetário da companhia, tornando a gestão mais eficiente e mais clara. 

Além disso, as tomadas de decisão podem ser feitas com maior segurança, visto que está embasada por dados, permitindo uma análise mais detalhada da situação. 

No entanto, apesar de entender sua importância, muitas empresas ainda não contam com esse tipo de métrica internamente, impossibilitando um estudo aprofundado sobre a situação financeira da companhia. 

Nesse caso, vale a pena saber mais sobre os indicadores financeiros e como eles podem contribuir para o crescimento do seu negócio.

Veja o que são, quais seus benefícios e como colocá-los em prática corretamente.

O que são indicadores financeiros?

Os indicadores financeiros são medidas que analisam de forma quantitativa um determinado cenário, de acordo com parâmetros predefinidos. 

Eles podem ser considerados como métricas, pautadas na coleta, tratamento e geração de informações de fontes variadas.

Ainda, possibilitam uma análise histórica e comparativa com dados e fontes variadas, gerando visões sobre diversos aspectos, relevantes para o panorama financeiro da empresa. Dessa forma, é possível entender: 

  • Margem de lucro;
  • Prejuízos;
  • Fluxo de caixa. 

Com os dados em mãos, o gestor financeiro pode tomar decisões com maior segurança e com embasamento técnico. 

Qual a importância de acompanhar os indicadores financeiros da empresa?

De acordo com os indicadores financeiros, é possível entender o desempenho dos últimos meses e anos da empresa, com informações relevantes para que os objetivos futuros sejam alcançados. 

Além disso, é possível o andamento do cumprimento das metas estabelecidas para um determinado período, como um trimestre ou anual, por exemplo. 

Os pontos críticos, que merecem maior atenção também podem ser analisados, como a queda de receita em um determinado segmento de atuação ou na venda de um determinado produto. 

É possível comparar os indicadores financeiros com um painel de controle, onde todas as decisões são tomadas baseadas nas informações ali contidas. 

Sem ele, se torna mais difícil determinar um norte para a empresa e prever o futuro, principalmente quais serão as próximas ações. 

Por isso, é tão importante que as empresas entendam a sua importância e contem com os indicadores para fornecer dados que ajudem nos próximos passos, visando o crescimento, aumento de receita e credibilidade. 

Quais são os principais indicadores financeiros de um negócio?

Existem diversos indicadores financeiros importantes para a gestão da saúde monetária de uma companhia. 

No entanto, alguns podem ser mais generalistas, contemplando um panorama total da companhia, e outros com visões mais específicas, focadas em um objetivo predefinido.

As principais fontes informacionais para gerações dos indicadores são: 

No entanto, é possível extraí-los de outras fontes de dados, de acordo com ERPs que são utilizados internamente. Veja a seguir alguns dos principais:

Faturamento

O faturamento é responsável por mensurar o valor de vendas da empresa, sendo um dos indicadores financeiros mais importantes. 

Normalmente é utilizado para entender se as vendas estão acontecendo de acordo com o planejamento ou está oscilando mais do que o esperado para o período.

Para encontrar o valor do faturamento, basta aplicar a seguinte fórmula: 

Faturamento = produto vendido * quantidade vendida

Contudo, é possível fazer sobre o valor total de produtos vendidos, ao invés da unidade. E para isso, basta alterar os valores unitários para totais, para obter o faturamento bruto. 

Margem Bruta

A margem bruta é um dos indicadores financeiros mais comuns e necessários, pois mensura o lucro bruto obtido pela companhia em um determinado período. 

O cálculo é feito baseado no faturamento total e os custos com produtos ou mercadorias. Já a fórmula é: 

Margem bruta = (Lucro bruto / faturamento total) x 100

O principal objetivo do acompanhamento deste indicador é analisar a eficiência das vendas por parte da empresa.

Para esse índice, quanto maior for a margem, melhor será o resultado da empresa. Contudo, essa métrica não pode ser aplicada para outros indicadores, pois cada um possui um objetivo em particular. 

Margem Líquida

Os parâmetros são semelhantes entre a margem líquida e a bruta. Contudo, a composição de valores para o cálculo são diferentes. 

A margem líquida leva em consideração todas as despesas obtidas pela empresa e diminui o faturamento total. 

Porém, é necessário encontrar o lucro líquido, que é o valor que resta após a dedução de todas as despesas e custos envolvidos. 

Após encontrar o lucro líquido, é possível determinar qual é a margem líquida da empresa, por meio da fórmula: 

Margem líquida = (lucro líquido / receita líquida) x 100

Dessa forma, é possível encontrar a margem líquida da sua empresa, onde quanto maior o valor obtido, melhores serão os resultados. 

Margem de custos

O indicador financeiro de margem de custos permite analisar os valores pagos referentes aos custos de cada um dos produtos ou do montante total vendido. 

Dependendo do segmento da empresa, esses custos podem variar entre: 

  • Embalagens;
  • Insumos;
  • Matéria-prima. 

Dessa forma, é muito importante que a empresa entenda quanto está sendo pago de custos em cima das vendas realizadas, principalmente em períodos de inflação. 

Para obter o valor, deve ser utilizada a seguinte fórmula: 

Margem de custos = (custos totais / receita total) x100

As informações referentes a margem de custo e receita podem ser obtidas no Demonstrativo da Empresa (DRE). 

EBITDA

Assim como o indicador de margem de lucro, o EBITDA é essencial para o acompanhamento financeiro das empresas.

A sigla EBITDA significa Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization, na tradução temos Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (LAJIDA). 

No entanto, para a composição do resultado, alguns dados são excluídos, como: 

  • Impostos;
  • Juros;
  • Receitas financeiras;
  • Amortizações. 

A fórmula utilizada no cálculo é: 

EBITDA Margem = (EBITDA valor / faturamento total) x 100

Trata-se de uma métrica que mensura o quão rentável é a empresa, de acordo com os resultados obtidos na operação. 

Dessa forma, quanto maior for o valor obtido de margem, maior será eficiência da sua empresa em agregar valor e lucro para os negócios. 

Cobertura de Juros

Enquanto isso, o indicador de cobertura de juros possui um propósito diferente, e um pouco mais específico do que os demais indicadores financeiros apresentados. 

Seu principal objetivo é a mensuração da capacidade da empresa em pagar os juros que são oriundos de empréstimos e dívidas adquiridas. 

Para obtê-lo, é necessário aplicar a seguinte fórmula: 

Cobertura de juros = EBITDA valor / valor das despesas financeiras com juros 

Adicionalmente, os valores das despesas financeiras com juros podem ser encontrados no Demonstrativo da empresa (DRE).

Giro de estoque 

Esse é um indicador necessário para as empresas que atuam com estoque físico de produtos.

O indicador financeiro de giro de estoque mensura a velocidade de renovação do inventário em um período predeterminado. 

No entanto, também pode ser utilizado para avaliação do tempo médio em que o produto ficou armazenado antes da venda. 

Para obter o valor, é necessário aplicar a seguinte fórmula: 

Giro de estoque = total de produtos comercializado / total de produtos no estoque

A análise do resultado é feita da seguinte forma: 

  • Valores menores do que 1: ao término do período estabelecido, restaram produtos em estoque;
  • Valores maiores do que 1: houve renovação do produto, pelo menos 1 vez dentro do período analisado. 

É uma métrica importante para a gestão de inventários, já que o período analisado comumente pelas empresas é anual, mas isso pode ser ajustado de acordo com a necessidade do negócio. 

ROI

O Retorno sobre investimentos (ROI) é um dos indicadores financeiros mais conhecidos das empresas, responsável por mensurar o rendimento do negócio em um período de tempo preestabelecido. É comumente utilizado por investidores e gestores. 

Para obter o seu valor, a fórmula que deve ser utilizada é: 

ROI = investimento inicial / (ganhos obtidos – investimento inicial)

Dessa forma, o principal objetivo é analisar o valor de retorno em relação a um investimento realizado. 

Por exemplo, um investidor aportou na empresa o valor de R$50.000, enquanto os ganhos contabilizados são de R$200.000. Logo, o valor que teremos é de:

ROI = 50.000 / (200.000 – 50.000) = 0,33

Ou seja, o investimento está rendendo 30% de retorno para a empresa. 

Ticket Médio

O ticket médio é um indicador financeiro que avalia a performance da empresa internamente, ou seja, ele permite entender quanto que os clientes estão gastando com o seu negócio. 

Ele é utilizado para entender como está a aceitação do mercado em relação aos produtos e/ou serviços comercializados pela companhia.

O cálculo pode ser feito por períodos ou mensalmente, dependendo da necessidade interna.  Para obter o valor do ticket médio, a fórmula é: 

Ticket médio = faturamento total / número de vendas

Contudo, é importante estar atento aos períodos que serão trabalhados, para que você não tenha um número de ticket médio que não reflete a realidade. O número de vendas e o faturamento devem ser extraídos no mesmo período. 

Para esse indicador, quanto maior for o ticket médio, melhor será o resultado da empresa. 

Liquidez

Ainda, o indicador de liquidez visa mensurar a capacidade de pagamento em um curto prazo por parte da empresa. 

No entanto, para encontrá-lo a fórmula que será utilizada é: 

Liquidez = ativo / passivo

Os valores de ativo e passivo são extraídos do balanço patrimonial da companhia, e apenas os circulantes devem ser considerados. 

Margem de contribuição

Por fim, para o indicador de margem de contribuição é possível analisar como a operação do negócio contribui para o pagamento das despesas fixas.

Os custos estão diretamente ligados à atividade principal da empresa, como compra de insumos e materiais necessários para a operação. E as despesas, são gastos relacionados à execução das atividades.

Para encontrar o valor de margem de contribuição, a fórmula é: 

Margem de contribuição = valor de venda dos produtos – (soma dos gastos fixos)

Para facilitar o entendimento, veja o seguinte exemplo: o valor para venda do produto A é de R$30, já os gastos totais são de R$15. Dessa forma, o valor da margem de contribuição é de R$15. 

No entanto, o cálculo da margem de contribuição pode ser feito de uma forma geral, considerando todos os gastos e todos os produtos da empresa, ou de forma unitária, conforme o exemplo acima. 

Por fim, cabe ressaltar que a margem de contribuição não pode ser considerada como lucro, já que ele é obtido a partir da venda de um determinado produto ou serviço. 

Benefício de contar com indicadores financeiros na sua empresa

Existem diversos benefícios obtidos a partir da implementação dos indicadores financeiros na sua empresa. No entanto, alguns se destacam:

Melhor tomada de decisão

Para que a empresa possa ajustar as contas, ela precisa ter informações confiáveis em relação à saúde financeira da sua operação. 

Por meio dos indicadores financeiros, é possível contar com dados confiáveis em uma série histórica dos dados, permitindo avaliar a evolução dos números, em período preestabelecido. 

Relatórios precisos

Os indicadores financeiros permitem a geração de relatórios confiáveis, apresentando precisão em suas informações, já que está embasado em dados extraídos de documentos seguros, como o DRE. 

Isso possibilita uma visão aprofundada da situação real da empresa, permitindo decisões estratégicas visando melhorar os resultados obtidos até o momento. 

Projeção de crescimento assertiva

Ao projetar o crescimento no mercado, a empresa precisa contar com informações que deem suporte para alcançar o objetivo central. 

E por meio dos indicadores financeiros, é possível analisar se é o melhor momento para que a empresa siga com a expansão, ou se a decisão mais adequada é trabalhar para melhorar o cenário, para que no futuro seja possível dar continuidade ao projeto de expansão. 

Contudo, se não houver um suporte confiável de dados como os indicadores, a companhia pode assumir riscos desnecessários, que podem prejudicar sua continuidade no mercado. 

Como fazer o controle dos indicadores financeiros do seu negócio? 

A gestão dos indicadores financeiros pode ser uma atividade que demanda tempo e conhecimento técnico. Contudo, contamos com a tecnologia para facilitar as rotinas e agilizar atividades. 

Existem ferramentas inteligentes que garantem agilidade, segurança e informação de qualidade para melhorar a gestão financeira, como o Power Stock, sendo uma solução completa e inovadora no mercado de tecnologia.  

Desenvolvida pela empresa STi3, ela reúne todos os recursos necessários para garantir um gerenciamento eficiente das suas finanças. Os indicadores financeiros possuem visualização em tempo real, para que o acompanhamento seja feito no dia-a-dia. 

Dessa forma, para ter um controle financeiro mais eficiente, entre em contato com a STi3 e conheça as soluções!

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.