Venda na loja ou na internet e envie o seu próprio link de pagamento! pelo WhatsApp direto do Sistema. Clique aqui e conheça o STi3 Pay.

O que é patrimônio? Entenda de uma vez o assunto e seus principais tipos

Para quem possui um negócio, entender o que é um patrimônio é essencial para não ter prejuízos e escalar as vendas da empresa.

Quando utilizamos este termo, muitas pessoas atribuem aos bens financeiros, e não levam em consideração itens essenciais de uma empresa que também precisam ser contabilizados dentro deste universo.

No entanto, entender o que é patrimônio significa entender que se trata de um triângulo formado por três pilares: bens, direitos e obrigações.

Por isso, preparamos esse conteúdo para explicar o que é um patrimônio e como o entendimento deste conceito pode ajudar na sua empresa. 

O que é patrimônio?

Um patrimônio é a soma de bens, direitos e obrigações que estejam diretamente ligados a uma pessoa ou a uma empresa. Dessa forma, essa tríade de conceitos forma o que chamamos de balanço patrimonial.

Dentro disso, os bens e direitos são considerados ativos. Ou seja, tudo aquilo que pode ser convertido em dinheiro por uma empresa. 

Por outro lado, as obrigações são os passivos, correspondentes a tudo que a empresa precisa cumprir enquanto pendência financeira.

Qual a importância do patrimônio?

Saber o que é patrimônio não está ligado apenas a conhecimento, mas a capacidade de gestão de um negócio. De forma geral, se um gestor não sabe o que é patrimônio, ou não sabe exatamente do que se trata, entender as finanças da própria empresa é quase impossível. 

Com isso, a empresa fica sem saber exatamente qual o momento financeiro que se encontra, não conseguindo escalar seu crescimento e sem ter uma visão do que está acontecendo de fato com o negócio.

Inclusive, a principal dificuldade encontrada pela ausência de conhecimento sobre o que é patrimônio está, justamente, quando uma empresa trabalha com uma falsa sensação da realidade. 

Por exemplo, quando um pequeno negócio faz um controle de estoque ineficaz, fazendo inúmeras compras, sem perceber que na verdade está com caixa negativo.

Do que consiste um patrimônio?

Um patrimônio é formado por itens materiais e imateriais, como veremos a seguir. No entanto, para conseguir compreender com exatidão o termo, é importante conhecer os principais itens a respeito deste universo.

Confira abaixo os três mais populares.

Bens

Entende-se como bem tudo aquilo que uma empresa possui que pode ser transformado em dinheiro de maneira rápida e simples. Por exemplo, um carro é um bem, já que é possível vendê-lo e transformar em dinheiro.

  • Bens tangíveis: tudo aquilo que se pode tocar, que é palpável;
  • Bens intangíveis: bens imateriais, como uma música vendida;
  • Bens Imóveis: tudo aquilo preso ao chão, como uma casa ou apartamento;
  • Bens móveis: aquilo que pode ser movido sem sofrer danos, como um carro.

Direitos

Da mesma forma que um bem, um direito também corresponde a algo que pode ser transformado em dinheiro. Entretanto, essa conversão demora e precisa de um tempo até que se concretize.

Obrigações

Contrária aos outros dois, as obrigações são todas as necessidades financeiras que uma empresa precisa cumprir. 

Por exemplo, um contrato com fornecedor que precisa de pagamento, ou contas administrativas como aluguel, luz e água.

Quais os principais tipos de patrimônio?

Atualmente existe um conceito amplo sobre os principais tipos de patrimônio quando falamos de negócios jurídicos.
Desta maneira, selecionamos alguns dos principais para que você consiga fazer a diferenciação entre eles.

Material

O patrimônio material é tudo aquilo em que podemos ver, tocar e é indispensável para o desenvolvimento do trabalho.

Neste caso, podemos considerar a casa onde trabalhamos, e inclusive, toda a operação necessária para o desenvolvimento das funções do negócio.

Imaterial

Enquanto isso, o patrimônio imaterial diz respeito à cultura, trazendo as expressões e celebrações de um povo. 

Trazendo o conceito para o universo corporativo, podemos dizer que a cultura do empreendimento e sua forma de trabalho podem ser encaixados nesta categoria.

Afinal, na maioria dos casos, é esse item que consegue saber o quanto o funcionário se encontra engajado com o negócio e onde os gestores conseguem fazer a análise comportamental da equipe.

Bruto

Esse talvez seja o tipo de patrimônio mais conhecido, e muitas vezes usado de forma errada como o conceito geral do termo. 

Quando falamos de patrimônio bruto, estamos nos referindo à soma de todos os ativos da empresa. Logo, os ativos são a junção dos bens e direitos de uma pessoa. 

Por exemplo, se determinada empresa possui três carros corporativos de R$ 80.000 e mais R$ 100.000,00 de caixa hoje, seu ativo é de R$ 340.000,00.

Liquido

O patrimônio líquido serve exatamente para fazer o balanceamento do caixa. Logo, ele é calculado diante do valor bruto, subtraído de todos os passivos.

Logo, ele serve para demonstrar o momento financeiro de uma empresa de uma forma mais realista. Afinal, o patrimônio bruto apenas soma todos os ativos, mas desconsidera possíveis passivos que existem.

Pensando na situação da empresa exemplificada acima, mesmo que possua hoje um bruto de 340 mil reais, caso haja um passivo de 500 mil reais, a empresa está com problemas financeiros.

Afetação

Criado pela Lei 10.941 de 2004, o patrimônio de afetação ainda é pouco conhecido. Nesse modelo, existe uma separação entre os bens vinculados a um terreno, daquele chamado incorporador.

Assim, ele pode ser entendido como uma forma de proteger determinadas aquisições de pessoas que queiram comprar no futuro.

Como calcular o patrimônio empresarial?

Para calcular um patrimônio, o primeiro passo é saber o que é patrimônio, o que são os bens, direitos e obrigações, e todos os valores envolvidos nesse contexto.

Assim, matematicamente falando, temos a seguinte situação:

patrimônio = bens + direitos – obrigações

Exemplificando, imagine a situação da empresa citada anteriormente neste artigo, com três carros de 80 mil reais, e um caixa de 100 mil reais. Assim, a empresa possui um ativo de 340 mil reais.

Contabilizando todas as despesas, dívidas com fornecedores, impostos com os carros e outras pendências, a empresa contabilizou um passivo de 500 mil reais.

Sendo assim:

patrimônio = 340.000 – 500.000

patrimônio = -160 mil reais

Ou seja, no exemplo acima, podemos dizer que a empresa em questão se encontra em déficit financeiro.

O que o volume de patrimônio pode dizer sobre o negócio?

Como pudemos ver, entender sobre o que é patrimônio e como ele pode ser calculado, diz respeito a entender a saúde financeira da empresa.

Dessa forma, o volume de patrimônio traz exatamente essa resposta: como uma empresa está de saúde financeira? Como está o andamento de compra e venda?

Afinal, ter em mente a organização do setor financeiro é primordial para que se estabeleça uma boa gestão empresarial.

Desta maneira, realizar o controle de todos os patrimônios do negócio se torna mais simples e assertivo dependendo da estratégia empregada no momento.

Como aumentar o patrimônio da empresa?

Provavelmente essa é a resposta mais esperada quando se busca saber mais sobre o que é patrimônio. Entretanto, está longe de ser uma pergunta fácil.

Afinal, tudo depende muito do momento e principalmente do ramo de uma empresa. Mesmo assim, algumas dicas básicas são usadas para esse fim.

Uma das principais é a compra de imóveis, considerados como bens de uma empresa. Assim, com a aquisição, a empresa possui um ativo que se valoriza com o tempo, em valores acima da inflação.

Da mesma forma, outra dica importante é a compra de equipamentos para melhorar os setores da empresa. Afinal, saber o que é patrimônio envolve perceber a importância de se capacitar para manter ativo no mercado.

Quer saber mais sobre outros conceitos fundamentais para uma empresa? Basta acessar o nosso blog e conhecer nossos conteúdos!

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.

Quer receber uma ligação do nosso setor comercial?

É fácil reconhecer o nosso número: (14) 3411-3333

Para outras dúvidas ou suporte técnico, clique aqui.

Esse site é protegido por reCAPTCHA e o Google Política de Privacidade e Termos de uso apply.